Pesquisar

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Especial: O Dia com a Presidente (Final)

Acompanhe a segunda e última parte da minha visita à presidente Dilma:

Depois do café-da-manhã agradável na Granja do Torto, acompanhei a presidente Dilma até o Palácio do Planalto. Ao chegar lá, a presidente cumprimentou todos com um carinho inenarrável. Logo em seguida, dirigiu-se rapidamente para seu gabinete para iniciar os despachos. Na porta uma placa escrita “Presidente da República”, fiz menção de entrar, mas fui impedido antes que cometesse uma gafe. Não era ali a sala de Dilma. Andamos mais um pouco e vi uma porta pequena que parecia a de um armário, nela escrito “Puxadinho”. Dilma e sua comitiva entraram lá. Indaguei o motivo daquilo e responderam que a outra sala ainda pertencia a Lula e ninguém entrava lá. Estava guardada para sua gloriosa volta.

Depois do despacho, Dilma se reuniu com lideranças do PMDB para tratar da crise entre o partido e o PT. Eu não pude acompanhar a reunião, mas da porta deu para ouvir os gritos agradáveis que saiam de lá. Após alguns minutos, um deputado peemedebista sai alegre, bate na calça e me fala sorrindo: “melhor cem mil na cueca do que um na poupança, né não, Nassifra?!” Fui obrigado a discordar...

Logo em seguida, a presidente foi até uma escola próxima ao Palácio para um visita. Uma das crianças levantou a mão e Dilma perguntou:
- Qual é o seu nome, meu filho?
- Paulinho.
- E qual é a sua pergunta?
- Eu tenho três perguntas.
- A primeira é “Aonde está o dinheiro do cofre do Adhemar?”
- A segunda é “Quem matou o Prefeito Celso Daniel?”
- E a terceira é “A senhora sabia dos escândalos do mensalão ou não?”.
Dilma ficou desnorteada, mas neste momento a campainha para o recreio toca e ela aproveita
e diz que continuará a responder depois do recreio.

Após o recreio, Dilma diz:
-OK, onde estávamos? Acho que eu ia responder perguntas. Quem tem pergunta?
Um outro garotinho levanta a mão e Dilma aponta para ele.

- Pode perguntar, meu filho.
- Como é seu nome?
- Joãozinho, e tenho cinco perguntas:
- A primeira é “Aonde está o dinheiro do cofre do Adhemar?”
- A segunda é “Quem matou o Prefeito Celso Daniel?”
- A terceira é “A senhora sabia dos escândalos do mensalão ou não?”
- A quarta é “Porque o sino do recreio tocou meia hora mais cedo?”.
- A quinta é “Cadê o Paulinho?” 

Saímos rapidamente da escola por causa de uma emergência nacional.

Ao final desta alegre visita à escola, Dilma voltou para a Granja do Torto e fui impedido de acompanhar o final do dia da presidente.
Apesar do encerramento súbito, deu para considerar bastante produtivo o nosso dia com a presidente Dilma. Fico no aguardo de um novo convite.

Ps.: Se alguém souber do paradeiro de Joãozinho, a família está procurando...

Nenhum comentário:

Postar um comentário